Home / Saúde / O óleo de coco e sua versatilidade

O óleo de coco e sua versatilidade

O óleo de coco. Vilão ou mocinho?

O óleo de coco ainda pode ser mal visto por muitos profissionais da saúde pelo alto teor de gordura saturada que contém. Porém, é uma gordura saturada de ótima qualidade, rica em ácido láurico, que age no combate e na prevenção contra o ataque de bactérias e fungos que ameaçam nossa saúde e ainda melhora a absorção de nutrientes, reforçando as defesas do organismo e ácidos graxos de cadeia média que ajudam na digestão e queima de gordura, na atividade do cérebro e a mudar o perfil do colesterol no sangue.

 

No controle do açúcar no sangue.

Assim como os alimentos ricos em fibras, o óleo de coco ajuda a manter níveis estáveis de glicose no sangue e não estimula a liberação de insulina, ao contrário de outros óleos poli-insaturados, que dificultam a entrada de insulina e outros nutrientes dentro das células, o óleo de coco favorece essa entrada, e por isso, a taxa de açúcar no sangue fica normalizada. Sendo assim a compulsão por carboidratos diminui e por ser também uma gordura, ele permanece mais tempo no estômago aumentando a sensação de saciedade.

 

O bom funcionamento da tireoide, favorecido pelo consumo de óleo de coco.

O óleo de coco favorece o bom funcionamento da tireoide, garantindo a redução do colesterol LDL (colesterol ruim) e a elevação do colesterol HDL (colesterol bom). Com a normalização da taxa de colesterol sanguíneo, teremos a redução do risco de doenças cardiovasculares.

 

Ajuda no intestino.

Por ter rápida absorção e solubilidade, o óleo de coco também é amigo do intestino. Seus componentes agem normalizando o “trânsito intestinal”. As ações benéficas para o intestino também valem no caso de o intestino solto, pois ele ajuda a eliminar bactérias perigosas e favorece o crescimento da flora intestinal saudável.

 

O óleo de coco também é excelente para a pele.

Você sabia que na Ásia, as mulheres o utilizam para prevenção das estrias durante a gravidez? E as que já possuem, dizem que ao usá-lo com freqüência a quantidade das mesmas são reduzidas.

O óleo do coco também pode ser usado no lugar da loção hidratante para manter uma pele saudável, podendo combater bactérias e outros problemas de pele como erupções cutâneas, dermatite, acne, rugas, eczema e psoríase. Aplique o óleo de coco na pele irritada para aliviar a inflamação e reduzir os sintomas. Possui também vitamina E que promove a diminuição de radicais livres presentes no organismo, responsáveis pelo envelhecimento celular

O óleo de coco também contribui para a saúde do seu cabelo.

É emoliente penetrando facilmente no fio, fazendo assim uma nutrição e hidratação profunda, pois leva para dentro desse fio além dos seus nutrientes as partículas de água. Após seco esse cabelo não absorve mais umidade evitando o tão odiado frizz.

Claro que assim como qualquer alimento, deve ser consumido com moderação, pois em excesso, o óleo de coco também pode engordar e fazer mal, mas suas propriedades são muito mais benéficas a saúde cardiovascular, neural, metabólica e imunológica. Além de ser um excelente hidratante para pele e cabelo.

Comentários

Comentários