Home / Saúde / O que acontece em seu corpo após tomar uma lata de refrigerante
males do refrigerante

O que acontece em seu corpo após tomar uma lata de refrigerante

O fato de algumas das principais marcas de refrigerantes estarem tão fortes no mercado e tantas pessoas consumindo, nos faz inconscientemente querer acreditar que realmente trata-se de uma bebida inofensiva. Quase nunca paramos para pensar sobre os males do refrigerante.

Ok, então vamos aos fatos, mas antes vamos a seguinte pergunta: será que você realmente sabe o que acontece com seu corpo quando você toma uma lata de refrigerante?

Para começar, um refrigerante junta tudo o que faz mal a seu corpo, com uma fórmula preparada para te viciar e querer mais.

Uma lata de refrigerante de cola por exemplo: é incrível, mas, quase 2 centímetros dela, é açúcar processado (pura sacarose). Tem também o cloreto de sódio e o ácido fosfórico para quebrar o doce do excesso de açúcar.

Só para informação geral, é proibido usar o ácido fosfórico.

Tente comprar ácido fosfórico e você vai se deparar com inúmeras recomendações de segurança e manuseio, como por exemplo: queima o cristalino do olho, queima a pele, etc.

Algumas marcas de refrigerantes não possuem o direito de usar o ácido fosfórico em suas composições, então elas usam de outros artifícios químicos para trabalhar o sabor (o que também é péssimo para a saúde). Recentemente uma marca de refrigerante de cola muito famosa foi proibida de usar o ácido fosfórico, mas recorreu e ganhou o direito de continuar usando.

Vamos tentar entender melhor sobre os males do refrigerante e o que acontece com nosso corpo após tomar uma lata de refrigerante:

 

Em 10 minutos

Seu organismo recebe uma quantidade insuportável de açúcar processado, o equivalente a dez colheres de chá. Você só não vomita pois o ácido fosfórico está ali para quebrar o sabor enjoativo do excesso de açúcar.

Nosso organismo não foi “projetado” para tanto açúcar processado, então ele entra em guerra com esse refrigerante que você ingere. O pâncreas é rapidamente notificado, terá um pico de açúcar em sua corrente sanguínea e sua insulina vai as alturas. Nesse momento muita glicose se conduzirá para as células de seu organismo, abrindo portas para doenças de origens inflamatórias ou até câncer a longo prazo.

 

Em 20 minutos

Neste momento ainda estará acontecendo uma explosão de insulina em seu corpo com altíssimos picos de açúcar em sua corrente sanguínea. Seu fígado se sobrecarrega, trabalhando sozinho para metabolizar essa bebida com excesso de sacarose, algo semelhante a metabolização de uma bebida alcoólica. Ao final disso tudo, todo esse excesso de açúcar será transformado em gordura.

 

Em 45 minutos

Aqui o organismo já terá absorvido a cafeína, as pupilas se dilatam e sua pressão arterial sobe. Seu organismo aumentará a produção de dopamina, estimulando regiões do cérebro de forma parecida com que a cocaína faz, porém de maneira menos intensa. Isso “abrirá portas” para doenças de origens neurológicas.

Os receptores de adenosina do seu cérebro são bloqueados, o que poderá atrapalhar a qualidade de seu sono ou até provocar insônia.

 

Em 60 minutos

O ácido fosfórico já terá dado inicio ao processo de “segurar” o que você tem de magnésio, cálcio e zinco em seu intestino, causando uma “desnutrição”. Ou seja, o refrigerante, além de não trazer nenhum benefício ao nosso organismo, ele prejudica e atrapalha na absorção bons nutrientes, que são essenciais.

As propriedades diuréticas da cafeína entram em jogo, e isso faz você ter vontade de fazer xixi. Nesse momento você elimina o cálcio, o zinco e o magnésio que deveriam ir para seus ossos juntamente com água e sódio.

 

Depois de um hora

Nesse momento você já foi ao banheiro e mandou embora muito líquido com diversos minerais que estavam em seu organismo. O pico de glicose começa a reduzir. É o momento em que você poderá ficar mais lento(a) ou irritado(a).

É claro que tudo isso pode variar de pessoa para pessoa.

 

Poderíamos parar por aqui, o artigo já ficou com um tamanho legal… Mas, vamos falar só mais um pouquinho sobre os males do refrigerante.

 

Uma dúvida muito comum: refrigerante light, diet ou zero, qual é melhor?

Qualquer um deles, na verdade é pior que o normal.

Esse tipo de refrigerante precisa de muito mais substâncias químicas para se manter, pelo menos parecido com o normal, e não é só no sabor, precisa manter a cor. E essas inúmeras substâncias químicas podem prejudicar até mais.

Pessoas diabéticas, hipertensas ou com outros problemas relacionados, podem tomar refrigerantes zero ou diet? A resposta é NÃO! Muito pelo contrário, estas pessoas precisam de cuidados em dobro, trocando produtos industriais e artificiais, por alimentos naturais e saudáveis.

 

O refrigerante reduz o pH do nosso sangue!

Quanto mais refrigerante você toma, mais prejudicado fica o pH do seu organismo. Para você ter uma noção melhor, veja isso: se você tomar apenas um copo de refrigerante (200 ml), você precisará tomar 32 copos de água de boa qualidade para restabelecer seu organismo. Quem é que consegue tomar 32 copos de água boa após tomar um copo de refrigerante?

Um pH sanguíneo saudável gira em torno de 7,35 a 7,45. Para mantermos o pH em bons níveis, temos que tomar muita água de boa qualidade e com pH compatível.

O pH de um refrigerante é de 2,50, ou seja, muito abaixo do ideal. Uma pessoa que tem o hábito de tomar refrigerante, aumenta sua probabilidade de ter um futuro câncer ou infarto em 60%.

 

E para finalizar

Cuidar da saúde é obrigação, se o objetivo é viver feliz com quem amamos.

 

Fontes:

 

Leia também:

 

Veja nesse vídeo o que acontece com um dente após ficar 24 horas mergulhado em um copo de Coca-Cola.

 

O que acontece em seu corpo após tomar uma lata de refrigerante
5 (100%) 2 votes

Comentários

Comentários

Deixe um comentário